terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Boas Festas!



Sugestões de presentes para o Natal:
Para seu inimigo, perdão.
Para um oponente, tolerância.
Para um amigo, seu coração.
Para um cliente, serviço.
Para tudo, caridade.
Para toda criança, um exemplo bom.
Para si, respeito.
(by Oren Arnold)

Um excelente Natal a todos!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Bolo de Chocolate



Este é o bolo de chocolate favorito lá de casa. Parece um petit gâteau em ponto grande. Fica delicioso. Atenção ao tempo de cozedura.

200 gr de chocolate em barra
180 gr manteiga
50 gr farinha
3 gemas
4 ovos
75 gr açúcar

Ligue o forno a 180º. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Parta o chocolate em pedaços e derreta em banho-maria juntamente com a manteiga.
Deite o chocolate derretido para uma tijela e adicione as gemas, mexendo muito bem. Adicione a farinha peneirada e misture delicadamente.
Noutra tijela misture os ovos inteiros com o açúcar e bata durante 5 minutos. Junte ao preparado anterior e misture.
Coloque a massa na forma e leve ao forno por 15/20 minutos.

Bom apetite

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Tarte de amêndoa com caramelo



Para a massa:
200 gr farinha
100 gr açúcar
100 gr manteiga
1 ovo
1 col chá fermento

Bater o açúcar com a manteiga e o ovo. Juntar a farinha e o fermento e amassar muito bem. Coloque numa tarteira untada e pique com um garfo. Leve ao forno até cozer.

Para o recheio:
200 gr de amêndoa em palitos
125 gr manteiga
100 gr açúcar
3 colheres sopa de leite

Numa frigideira coloque o açúcar, a manteiga e o leite. Quando estiver derretido junte a amêndoa e deixe ferver até fazer ponto estrada.

Deita-se sobre a massa já cozida e vai novamente ao forno até alourar.

Bom apetite!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Souflê de Bacalhau



Um óptimo aproveitamento para sobras de peixe e muito fácil de fazer.

60 gr manteiga
60 gr de farinha
1 colher chá de fermento
4 dl leite quente
4 ovos
350 gr de bacalhau desfiado
sal, pimenta, noz moscada, limão e pão ralado

Num tacho derreta a manteiga, junte a farinha e mexa muito bem. Deite o leite em fio e mexa sempre. Depois de tudo bem ligado deixe levantar fervura. Retire do lume, misture as gemas, o bacalhau desfiado e leve novamente ao lume sem deixar ferver. Tempere a gosto. Bata as claras em castelo e misture à massa. Unte um pirex, deite o preparado e polvilhe com pão ralado. Leve ao forno (160º) durante 30 minutos.
Sirva de imediato com salada ou legumes.

Bom apetite!

Bolo de Chocolate Crocante



Acho que este é o bolo mais calórico que já fiz. Até doi! Mas é tão bom que dá para esquecer tudo. Obrigada pela receita Paula!

Massa:
300 gr de açúcar
350 gr farinha
240 ml água quente
1 colher chá óleo
4 colheres sopa de chocolate em pó
1 colher de chá de maizena
2 colheres de chá de fermento
1 pitada de sal
6 ovos

Bata os ovos com o açúcar por 10 minutos, diminua a velocidade e junte a água misturada com o óleo. Desligue e misture a farinha peneirada com o cacau, a maizena, sal e fermento. Coloque numa forma untada e leve ao forno até cozer.

Recheio e cobertura:
5 colheres de chá de chocolate em pó
4 colheres de sopa de maizena
1 colher de chá de manteiga
1 colher de chá de baunilha
1 lata de leite condensado
4 medidas de leite
1 pacote de natas
3 gemas

Bata o leite com o leite condensado, as gemas, o cacau e a maizena. Junte a manteiga e leve ao lume até engrossar, tendo o cuidado de mexer sempre. Retirar e juntar a baunilha e as natas. Colocar papel aderente por cima para não criar película enquanto arrefece.

Crocante:
2 chávenas de nozes partidas
300 gr de açúcar
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de leite em pó

Leve ao lume o açúcar com a manteiga e deixe caramelizar. Junte as nozes e deite sobre papel vegetal. Deixe arrefecer e quebre em bocados. Coloque num saco de plástico com o leite em pó e bata com um martelo para triturar. Reserve.

Montagem do bolo:
Corte o bolo ao meio pela horizontal. Regue com um pouco de rum. Espalhe um bocado do recheio e metade do crocante. Coloque a outra metade por cima. Regue com um pouco de rum. Espalhe o resto do recheio por todo o bolo e enfeite com o restante crocante.
Leve ao frigorífico. Deve ser servido bem fresco e de preferência ser feito na véspera.

Bom apetite!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Bacalhau com broa verde em cama de batata doce


Tirei esta receita de uma revista da Saberes & Sabores. Fácil de fazer e muito boa!

Fiz assim:
4 batatas doces grandes
4 postas de bacalhau demolhadas
1 molho de coentros
1 dente de alho
300 gr de broa
sal e azeite

Lave as batatas e leve a cozer em água temperada com sal até ficarem macias.
Pique a broa com o alho e os coentros. Junte 2 colheres de sopa de azeite e reserve.
Escorra as batatas. Retire a pele e corte-as em rodelas.
Coloque 2 colheres de sopa de azeite no fundo do tabuleiro. Disponha as rodelas de batatas por cima. Coloque as postas de bacalhau e cubra-as com a broa verde. Regue com um pouco de azeite e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 25/30 minutos.

Bom apetite!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Polvo no forno


Adoro polvo e quando me deram esta receita tive logo que a experimentar. A primeira vez que a fiz foi em Viseu e a coisa não correu lá muito bem: o forno é muito velho e a gás e por isso demorou mais de 3 horas a ficar como deve ser. Além de que íamos pegando o fogo à cozinha quando um pouco do molho caiu e começou a arder. Este fim-de-semana resolvi repetir a receita, já no meu forno e correu como previsto. Por isso já sabem, se o vosso forno for a gás, tenham paciência e cuidado com o molho.

1 polvo com 2 kgs
2 folhas de louro
1 copo de azeite (2 dl)
1 copo de vinho branco (2 dl)
sal e pimenta

Coloque o polvo inteiro num tabuleiro de ir ao forno. Tempere com um pouco de sal (pouco) e pimenta. Junte o louro e regue com o azeite e o vinho.
Leve ao forno a 175º durante 1 hora ou até o polvo estar tenro.
Pode servir inteiro ou partido em pedaços.

Bom apetite!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Tagliatelle com cogumelos


Nada melhor do que um jantar saboroso e rápido. E mais rápido do que isto não há.

250 gr de Tagliatelle fresco
300 gr de cogumelos frescos
100 gr de grana padano ralado
2 dentes de alho
azeite, sal e pimenta

Coloque uma panela com bastante água e sal ao lume. Quando levantar fervura coloque a massa. Numa frigideira coloque um fio de azeite e os alhos laminados. Deixe alourar um pouco e junte os cogumelos também laminados. Tempere com sal e pimenta.
Com a escumadeira vá retirando a massa para a frigideira. Acrescente um pouco da água de cozer a massa (por forma a criar uma molho cremoso). Adicione 2/3 do queijo ralado e misture.
Coloque numa travessa e polvilhe com o restante queijo.

Bom apetite!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Angel Cake de Figos e Amêndoas


Quando vi esta receita na Saberes e Sabores não consegui resistir. Ainda por cima com figos e eu que tinha uns congelados (garanto-vos que ficaram excelentes: foram descascados e colocados inteiros numa caixa de plástico e congelados. Foi só deixá-los descongelar e ficaram como novos). O Angel Cake é um bolo que não leva nenhum tipo de gordura e é feito apenas com claras batidas em castelo.

Fiz assim:
4 claras
150 gr de açúcar em pó (usei 50 gr de açúcar em pó e 100 gr de frutose)
150 gr de amêndoa ralada
30 gr de maizena
1 colher sopa de fermento
10 figos
amêndoa laminada q.b.

Ligue o forno a 180º. Forre uma forma (22 cm) com papel vegetal. Parta os figos ao meio e coloque-os no fundo da forma com a parte de dentro virada para baixo. Preencha os espaços vazios com amêndoa laminada.
Bata as claras em castelo e quando estiverem com picos moles vá adicionando o açúcar aos poucos até ficarem bem firmes. Misture bem a amêndoa, a maizena e o fermento e adicione suavemente às claras.
Deite o preparado sobre os figos e leve ao forno durante aproximadamente 30/40 minutos. Desenforme enquanto estiver quente.

Bom apetite!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Muffins de Amoras


Cá está um uso para as minhas amoras. Uns Muffins pouco doces e muito saborosos.

Fiz assim:
300 gr. farinha
1 colher sopa fermento em pó
100 gr de amoras
100 gr. açúcar (usei açucar mascavado)
2 dl leite
2 ovos
50 gr. manteiga

Misture a farinha, o fermento e o açúcar. Adicione o leite misturado com os ovos levemente batidos e a manteiga. Bata até os ingredientes ficarem bem ligados. Misture, muito delicadamente, as amoras.
Deite a massa em forminhas, previamente untadas com margarina ou forradas com forminhas de papel. Leve a cozer em forno (180ºC) durante cerca de 30 minutos.

Bom apetite!

domingo, 20 de setembro de 2009

Pudim de Côco


Mais um pudim fácil de fazer. Esta receita veio de uma amiga do Funchal. Hoje foi uma das sobremesas e parece-me que todos gostaram. A outra sobremesa foi um Angel Cake com figos que será aqui colocada mais tarde.

2 latas de leite condensado (uso do magro)
6 ovos
200 gr de côco ralado
2 medidas da lata de leite de côco (se não tiver pode usar leite)

Misture o leite condensado com as gemas dos ovos, adicione o leite de côco e misture bem. Junte o côco ralado e por fim adicione as claras batidas em castelo.
Unte uma forma de pudim com caramelo. Deite o preparado na forma. Feche e leve a cozer em banho-maria por 30 minutos. Eu faço-o na panela de pressão, mas pode fazer no forno.

Bom apetite!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Frango com legumes e um toque de caril


Pode ter um aspecto um pouco estranho, mas garanto-vos que fica bastante saboroso.
E é um prato que não tem saber nenhum. Não há quantidades certas, não se suja muita louça e pode usar os ingredientes que quiser.

Uso:
Peito de frango
Cogumelos frescos (os de lata não dão)
Courgette
Cenoura
Alho francês
Soja
Cebola
Alho
Beringela
tomate

Parta todos os ingredientes em cubos.
Coloque um tacho ao lume, começe por refogar em azeite a cebola e o alho, depois adicione o tomate. Junte os cogumelos, depois as cenouras, a courgette, a beringela, o alho francês, a soja. Tempere com um pouco de caril, sal e pimenta. Tape e deixe cozinhar em lume brando.

Bom apetite!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Amoras


Amigas e Amigos,

Fui a Viseu este fim-de-semana e fomos apanhar amoras silvestres. Para além dos arranhões, picadas e mãos pintadas, consegui arrecadar uns 2 Kgs de amoras. Isto em 30 minutos, porque o calor era tanto que só se conseguiu sair do fresquinho da casa pelas 20h00 e, infelizmente, às 20h30 já o sol se estava a deitar.
Agora preciso da vossa ajuda.
Ideias?

Nota - Já estão congeladas!

Salada de Verão


Olho pela janela e lá fora está uma manhã feia. Primeiro dia de Setembro. O Verão quase no fim... e por isso aqui vai uma salada bem fresquinha, para ser saboreada num dia quente de Verão.

Para 4 pessoas:

1 pacote de Massa espiral
200 gr de salmão fumado
10 uvas
2 maças
2 tomates
2 pêras
1 limão
oregãos
sal e pimenta

Coza a massa al dente e deixe arrefecer por completo.
Corte as maças e as pêras em cubinhos e regue com o sumo do limão. Corte as uvas ao meio e retire as pevides. Corte o tomate em pedaços.
Adicione o salmão em pedaços médios. Junte a massa. Tempere com sal, pimenta e oregãos a gosto. Se gostar, adicione um pouco de maionese.


Bom apetite!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Férias!!!!!!!!!!!

... finalmente chegaram as férias!
Sei que não tenho postado muito, mas a preguiça apoderou-se de mim e tenho fugido à cozinha.
Agora vou descansar uns dias.

Deixo-vos uns conselhos da DGS sobre a Gripe A (H1N1). Não tem nada a ver com as férias (espero eu...) mas, infelizmente, é um assunto que nos toca a todos.

Até ao meu regresso!

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Strogonoff à minha maneira


Mais um jantar rápido e que agrada a todos.

Fiz para 3 pessoas:
2 bifes de vaca
200 gr de cogumelos frescos
2 dentes de alho
1 pacote de natas
1 colher sopa de bovril
1 colher de chá de mostarda
sal, pimenta e azeite

Corte os bifes em tirinhas e tempere com o alho picado, sal e pimenta. Aqueça a frigideira e quando estiver quente adicione 2 colheres sopa de azeite. Frite os bifes, retire para um prato. Coloque os cogumelos fatiados na frigideira e deixe cozinhar por uns 5 minutos. Acrescente as natas, o bovril e a mostarda. Verifique os temperos e volte a colocar a carne. Misture. Sirva com arroz branco.

Bom apetite!

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Quiche com Mortadela



Uma quiche que mais ficou parecida com uma pizza. Há dias assim!

Fiz:

1 embalagem de massa quebrada
5 fatias de mortadela com azeitonas
10 tomates cereja
1 lata de ervilhas (200 gr)
1/4 de uma embalagem de espinafres frescos
2 ovos
1 pacote de natas
1 queijo mozzarella
sal, pimenta

Forre a tarteira com a massa quebrada. Distribua as fatias de mortadela e por cima coloque as ervilhas, os espinafre e os tomates. Bata os ovos com as natas e tempere com sal e pimenta a gosto. Verta para dentro da forma. Corte o mozzarella em fatias e distribua por cima.
Leve ao forno a 180º durante aproximadamente 30 minutos (até o topo ficar douradinho).

Bom apetite!

terça-feira, 30 de junho de 2009

Bolo de claras no microondas


Encontrei esta receita em vários sites da internet e resolvi experimentar. Vou colocar tal e tal como fiz, mas para a próxima uso menos farinha.

Fiz:
6 claras
120 gr de açúcar
raspa de 1 limão
200 gr de farinha
1 copo de leite
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de chá de fermento em pó
doce de framboesa

Bata a manteiga com o açúcar, adicione o leite e a raspa de limão. Misture bem. Junte a farinha e o fermento aos poucos.
Bata as claras em castelo, com uma pitada de sal, até ficarem bem firmes. Misture delicadamente ao preparado anterior.
Se não tiver forma para microondas use um pirex. Unte-o todo com o doce. Verta a massa e leve ao microondas na potência máxima por 9 minutos.
Ao fim deste tempo pique com um palito. Se sair seco está pronto.
Deixe arrefecer antes de desenformar.

Bom apetite!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

ups... esqueci-me de tirar a fotografia...

Ontem tive a familia toda à mesa. Resolvi fazer uma Cataplana de Bacalhau. Além de ficar sempre bem é prático de fazer quando é para uma mesa cheia.
Só que já estava mesmo no fim da refeição quando me lembrei da foto para o blog.
*****!
Assim, em vez de uma cataplana de bacalhau apresento-vos OS RESTOS:




Fiz assim:
4 postas de bacalhau (grandes)
2 cebolas
4 tomates
1 pimento
3 dentes de alho
6 batatas grandes
1 ramo de salsa
1 dl vinho branco
12 castanholas (ou amêijoas)
azeite, sal e pimenta

Deite um pouco de azeite no fundo da cataplana. Corte as cebolas às rodelas, os alhos em fatias finas, o pimento em tiras, e as batatas em fatias com cerca de 1 cm. Retire a pele ao tomate e corte também em rodelas.
Coloque na cataplana pela seguinte ordem: Cebolas, alho, pimento, batatas, tomate.
Por cima disponhas as postas de bacalhau (previamente demolhado). Junte o ramo de salsa. Tempere com sal e pimenta e regue com o vinho.
Feche a cataplana e leve ao lume durante cerca de 30 minutos. Nunca a abra, mas vá agitando de vez em quando para que os sucos se misturem e não agarre ao fundo.
Ao fim dos 30 minutos abra e coloque as castanholas. Feche e deixe cozinhar mais 5 minutos.

Bom apetite!

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Salada de Rúcula e Morangos com Vinagrete de Hortelã


Nada melhor para um jantar leve e fresco. A combinação de sabores é maravilhosa.

500 gr de morangos
200 gr de queijo feta
200 gr de rúcula
1/2 limão
12 folhas de hortelã
0,5 dl de azeite
5 colheres sopa de vinagre de sidra
sal e pimenta

Lave a rúcula e escorra. Coloque no prato. Por cima disponha os morangos, lavados e cortados em fatias. Regue com o sumo do limão. Corte o queijo feta em pedaços e distribua pela salada.
No copo da varinha mágica coloque o azeite, o vinagre, as folhas de hortelã, sal e pimenta. Triture tudo.
Regue a salada com o vinagrete.
Esta receita dá para 4 pessoas.

Bom apetite!

Fonte: Vaqueiro

terça-feira, 23 de junho de 2009

Dourada em papelote



Cá está uma maneira muito prática e saborosa de cozinhar as douradas.

Por pessoa:
1 dourada
1/2 limão em rodelas
Coentros e Salsa
1 tomate seco
1 dente de alho em fatias
1/2 cebola em rodelas
sal e pimenta
azeite

Junte 2 folhas de papel alumínio (para que o papelote fique mais forte). No meio coloque por esta ordem: a cebola, o limão,o tomate, o alho e as ervas. Por cima coloque a dourada e tempere com sal e pimenta. Regue com azeite.
Feche o papel alumínio, primeiro ao centro e depois as pontas. Pique com a ponta de uma faca. Coloque num tabuleiro e leve ao forno (180) durante cerca de 20/25 minutos. Ao fim deste tempo abra o papelote e deixe dourar por uns minutos.

Bom apetite!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Tiramisu com Baileys


Fiz assim:
200 gr de queijo mascarpone
4 gemas
80 gr de açúcar
2 dl de natas frescas
1 dl de café bem forte
1 dl de licor Baileys
2 pacotes de palitos à la reine

Bata as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado. Coloque, em banho maria, dentro de um tacho com água a ferver em lume brando. Continue a bater até ficar bem espessa e triplicar o volume. Retire e deixe arrefecer.
Misture o mascarpone com metade do licor e mexa bem. Adicione à gemada e ligue tudo muito bem.
Bata as natas até ficarem bem espessas. Envolva no preparado anterior.
Misture o café com o resto do licor.
Mergulhe, um a um, os palitos no café e faça camadas alternadas de palitos e o creme. Finalize com uma camada de creme.
Polvilhe com cacau e leve ao frigorífico até servir.

Bom apetite!

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Tarte de Frutos Silvestres


Vi esta tarte no blog da Manuela e não resisti. Tinha tão bom aspecto. Mas resolvi fazer com frutos silvestres e não só com morangos. Ficou deliciosa!

Fiz assim:
1 embalagem de massa areada
1 pacote de 300gr de frutos silvestres congelados
8 morangos
2 claras de ovo
3 colheres sopa de fructose (ou 5 de açúcar)

Deixe a fruta descongelar e coloque num coador para ir escorrendo o liquido que liberta.
Forre a tarteira com a massa, pique com um garfo e leve ao forno pré-aquecido a 175º durante 10 minutos. Entretanto bata as claras em castelo. Quando começarem e formar picos adicione a fructose (ou açúcar) e continue a bater até ficarem bem espessas.
Corte os morangos em bocados e adicione aos frutos silvestres. Adicione às claras em castelo e envolva com cuidado.
Retire a tarteira do forno e deite a mistura para dentro, espalhando por toda a forma.
Leve novamente ao forno por mais uns 20 minutos (ou até as claras estarem douradinhas).
Pode servir de imediato ou fria.

Bom apetite!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Agradecimentos


Pelo selo/prémio que me enviaram, agradeço:

à Anabela
à Isa
ao Luís
e à Sushibaby

Um grande beijo a todos

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Bolo da Caneca... lol


Há uns tempos que queria experimentar o famoso bolo da caneca que tanto se fala na internet. E, já que tinha a criançada em casa resolvi fazer para sobremesa. Afinal quem é que não gosta de chocolate. A receita é muito fácil e as imagens que tenho visto são sempre aliciantes... mas aqui as coisas não correram assim tão bem. Ora vejam:


4 colheres de sopa de farinha
3 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 ovo
3 colheres de sopa de leite
3 colheres de sopa de óleo
4 quadradinhos de chocolate

Misture a farinha, o acuçar e o cacau. Adicione o leite, o ovo e o óleo e misture bem. Verta para uma caneca e coloque os quadradinhos de chocolate.
Cá está:

Bom aspecto, certo?
Agora coloque no microondas, na potência máxima durante 3 minutos.
O meu saiu assim:

O que me ri com este desastre culinário. Mas não deitei fora. Era só o que faltava.
Retirei da caneca, deitei molho de chocolate por cima e enfeitei com pepitas coloridas.


As miúdas adoraram, eu provei e também gostei apesar do estranho aspecto!

Espero que vos corra melhor. Bom apetite!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Empada de Coelho


Isto ficou divinal, modéstia à parte! Para quem não gosta de coelho pode substituir por frango ou pato...
Aproveitei para utilizar 2 das especiarias que o Paulo me ofereceu.
A receita original é da Vaqueiro mas fiz as minhas alterações.


Para o recheio:
1 coelho
4 dentes de alho
3 dl vinho tinto de boa qualidade
2 salsichas frescas
2 folhas de louro
1 pimenta longa
2 bagas de Zimbro
1 cebola pequena
2 colheres de sopa de farinha maizena
sal e pimenta preta
azeite

Corte o coelho em pedaços e tempere com sal, pimenta, as bagas e a pimenta longa, o louro e os dentes de alho partidos. Regue com o vinho e deixe marinar durante a noite.
Coloque o azeite num tacho e junte o coelho escorrido (reserve a marinada). Deixe alourar um pouco. Regue com a marinada, tape e deixe cozinhar durante 20 minutos.
Retire e desfie o coelho. Coe o liquido que ficou no tacho através de um coador de rede fina e reserve.
Pique a cebola e leve a refogar num pouco de azeite. Junte a carne de coelho desfiada, retire a pele às salsichas e junte ao coelho. Polvilhe com a farinha e misture bem, adicione o liquido que reservou e deixe engrossar um pouco mexendo sempre. Verifique os temperos.

Para a massa:
300 gr de farinha
150 gr de manteiga
1 dl de água
1 colher de sopa de vinagre
sal
1 gema

Ligue o forno a 180º.
Coloque a farinha numa tigela, junte uma pitada de sal e a manteiga. Misture bem, desfazendo a manteiga com os dedos, até a massa ficar esfarelada. Adicione a água e o vinagre e misture rapidamente. Molde em forma de bola e deixe repousar uns minutos.
Polvilhe a bancada com farinha, coloque 2/3 da massa e estenda-a. Se necessário acrescente mais farinha.
Esta foi a parte mais complicada porque a massa é muito elástica e não queria ser esticada. :-) Acabei por a colocar na tarteira e fui estendendo com as mãos.
Espalhe o recheio, alise e cubra com o resto da massa, unindo muito bem os bordos.
Pincele com a gema diluída num pouco de água e leve ao forno durante cerca de 45 minutos.

Bom apetite!

terça-feira, 2 de junho de 2009

Gaspacho


Este é um Gaspacho à minha maneira, visto que não leva nem os pimentos nem o pão. Soube muito bem com o calor que se fez sentir no passado fim-de-semana.

Fiz para 3 pessoas:
1 kg de tomates maduros
1 pepino
1 cebola
3 dentes de alho
1 ramo de coentros
orégãos
sal, pimenta, azeite e vinagre

Tire a pele e as sementes ao tomate, corte 1 em quadradinhos e os outros coloque no copo liquidificador.
Descasque o pepino, retire as sementes com a ajuda de uma colher e coloque no copo.
Junte também a cebola e os dentes de alho, os coentros e os orégãos.
Adicione um pouco de água, o suficiente para ajudar a triturar. Tempere com sal, pimenta, azeite e vinagre.
Triture.
Deite o puré numa tigela, verifique os temperos e acrescente gelo a gosto. Coloque no frigorífico até servir.
Sirva a sopa numa terrina, com o tomate cortado em cubos e polvilhe com orégãos.

NOTA: Se quiser usar os pimentos é só fazer o mesmo que o pepino. Use 1 para esta quantidade. Para o Gaspacho ficar mais "vermelho" é uma questão de usar mais tomate.


Bom apetite!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Scones


Esta é a receita que já vem de casa da minha mãe e sempre saíram bem. Dá para cerca de 8 unidades.

250 gr de farinha
1 colher chá (bem cheia) de fermento em pó
1 ovo
50 gr de açúcar
1 pitada de sal
1 colher sopa de manteiga
4 colheres sopa de leite

Peneire a farinha com o fermento e depois adicione os outros ingredientes. Misture bastante bem.
Faça uma espécie de rolo. Corte este ao meio e depois cada metade ao meio, até ficar com 8 unidades.
Coloque num tabuleiro polvilhado com farinha e leve ao forno pre-aquecido a 180º durante 10 minutos.
Sirva de imediato, com manteiga e doce/compota.

Bom apetite!

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Especiarias



O meu querido amigo Paulo trouxe-me umas prendinhas para a minha cozinha:

Da esquerda para a direita temos: Pimenta Longa, Macis e Bagas de Zimbro.

A Pimenta Longa foi descoberta na Amazónia nos anos 70. A sua principal utilização reside na extracção do Safrol. Nos países do Oriente, é usada como especiaria nas salmouras e conservas. São atribuídas à pimenta propriedades digestivas e diuréticas.
Na culinária, a pimenta longa é sempre usada inteira. O aroma desta pimenta lembra o da pimenta preta mas é menos picante e com uma nota mais açucarada.

A Macis é o arilo da Noz Moscada, ou seja é a "casca" que envolve a semente da noz moscada e que depois é seca durante alguns meses. Na culinária, a sua utilização é semelhante à da própria Noz Moscada. Pode ser usada inteira para realçar o sabor de sopas e estufados e, moído em bolos e biscoitos.

As Bagas de Zimbro têm um sabor apimentado e ligeiramente resinoso. Podem ser utilizadas inteiras ou esmagadas. É utilizada para aromatizar o Gin. Na Culinária, a sua maior utilização é em pratos de caça e porco. Em Portugal encontra-se na zona da Serra da Estrela.

Pronto, agora é só ver como lhes vou dar uso.

Obrigada Paulo.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Lombinho de Porco com Arroz de Legumes



Sou grande apreciadora de lombinhos. É uma carne tenra e suculenta e não fica tão seca como o lombo de porco.

Fiz para 4 pessoas:
3 lombinhos de porco
alecrim
sal e pimenta
massa de alho
massa de pimentão
vinho branco

Junte a massa de alho e a massa de pimentão, tempere com sal e pimenta e com alecrim. Barre os lombinhos com esta pasta e regue com vinho branco. Deixe marinar durante umas 5 horas.
Leve ao forno a 150º durante cerca de 30 minutos.

Para o arroz:
400 gr de arroz
1 courgette
1 cenoura
brócolos
1 cebola
2 dentes de alho
água
azeite
sal e pimenta

Corte a courgette e a cenoura em cubinhos e os brócolos em bocadinhos. Reserve.
Pique a cebola e os alhos e leve a alourar no azeite. Junte os legumes e deixe refogar um pouco. Adicione o arroz, mexa bem. Tempere a gosto. Acrescente o dobro da água em relação ao volume do arroz.
Deixe cozer por 10 minutos ou até o arroz ficar solto.

Bom apetite!

terça-feira, 26 de maio de 2009

Folhado de Banana com Chocolate


Banana e Chocolate! Que combinação divina...

Usei:

1 placa de massa folhada congelada
3 bananas maduras
100 gr de chocolate culinária em barra
1 colher sopa de manteiga
1 dl de natas

Coloque a massa folhada a descongelar 1 hora antes.
Ligue o forno a 180º.
Parta o chocolate em bocadinhos, misture a manteiga e as natas e leve ao microondas durante 50 segundos na potência máxima. Retire e misture muito bem.
Abra a massa. Se usar da congelada ela vem dobrada em 3.
Na dobra do centro coloque as bananas cortadas às rodelas e espelhe o chocolate por cima. Feche as outras dobras. Pique a massa com a ponta de uma faca.
Leve ao forno, num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante 20 minutos ou até a massa estar dourada.
Pode polvilhar com açúcar e acompanhar com uma bola de gelado.

Bom apetite!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Peito de Pato com Laranja e Gengibre


Posso garantir que ficou muito bom e não demorou muito tempo a fazer.

Fiz:
2 peitos de pato
3 dentes de alho
1 cebola
raiz de gengibre fresco
azeite
2 laranjas
1 colher de sopa de mel
pimentão em pó
sal e pimenta

Corte as cebolas em rodelas finas e os alhos em lascas. Rale a raiz de gengibre (cerca de 1 colher de sopa). Leve tudo ao lume numa frigideira com um pouco de azeite até alourar.
Lave bem uma das laranjas, descasque e corte a casca em juliana fina. Reserve.
Junte o sumo das 2 laranjas ao refogado. Adicione o mel, um pouco de pimentão em pó, sal e pimenta. Deixe ferver um pouco.
Entretanto faça uns cortes em diagonal na pele do pato. Coloque ao lume uma frigideira anti-aderente e deixe aquecer bem. Coloque os peitos com a pele para baixo durante cerca de 5 minutos. Escorra a gordura que foi libertada, tempere os peitos com sal e vire-os. Deixe cozinhar por mais uns minutos. Se gostar da carne mal passada é o tempo suficiente, mas se for como eu e não gostar de ver o sangue, coloque o pato no forno pré-aquecido a 200º durante 5 minutos.
Voltando ao molho, adicione um pouco de água (cerca de 0,5 dl) e deixe ferver. Coe o molho para a frigideira onde fritou os peitos de pato. Acrescente a juliana da laranja.
Corte os peitos de pato em fatias e regue com o molho.

Bom apetite!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Salada de Grão com Atum


Não tenho tido tempo para dar a devida atenção ao Gastronomia. Muito trabalho e a filhota com muitos testes e a precisar de ajuda. Deixo-vos aqui uma salada que fiz este fim-de-semana. Simples, rápida e saborosa... que mais se pode querer?

Usei:
1 lata de grão 500 gr
2 tomates
1 alface pequena
1 cebola pequena
3 latas de atum
3 ovos cozidos
azeite, sal, pimenta e vinagre q.b.

Escorra o grão e passe-o por água para retirar o excesso de sódio. Escorra o atum e junte ao grão.
Pique a cebola. Corte a alface em juliana e os tomates ao cubinhos e junte tudo ao grão.
Tempere com sal, pimenta, azeite e vinagre a gosto.
Corte os ovos e coloque por cima.

Bom apetite!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Torta de Atum


Desta vez deixei a despensa ficar na miséria antes de fazer as compras. Faço quase sempre as compras online e ontem iam entregar entre as 20h00 e as 23h00. E agora? O que faço para jantar? Não podia sair de casa...
Resolvi inventar com o que por lá havia e saiu esta torta. Garanto-vos que é para repetir!


Massa:
4 ovos
1 chávena de chá de leite
1 chávena de chá de farinha de trigo
1 colher chá de fermento em pó
2 colheres de chá de azeite
1 pitada de sal

Bata o azeite com os ovos e o leite. Aos poucos acrescente a farinha misturada com o fermento. Tempere com sal e pimenta.
Vai ao forno num tabuleiro (quadrado ou rectangular) forrado com papel vegetal untado com manteiga e polvilhado com farinha, durante 10/15 minutos, a 175º.

Recheio:
2 latas de atum
1 lata de anchovas
20 azeitonas pretas sem caroço
5 tomates secos
1 cebola pequena
azeite
molho bechamel

Pique a cebola muito finamente e leve a refogar num fio de azeite.
Entretanto escorra muito bem o atum e as anchovas.
Num robot de cozinha coloque as azeitonas, os tomates, o atum e as anchovas e pique tudo junto.
Adicione esta mistura à cebola e misture. Acrescente molho bechamel suficiente para formar uma pasta sem ficar muito liquido (aproximadamente 5 colheres de sopa). Não adicione sal porque as anchovas já são bastante salgadas.

Desenforma-se a massa para um pano polvilhado com pão ralado misturado com um pouco de queijo da ilha ralado, barra-se com o creme de atum e enrola-se com a ajuda do pano.

Bom apetite!

quinta-feira, 7 de maio de 2009

New look



Não se admirem.
Ando a fazer mudanças ao look do Gastronomia. Adoro mudanças!
Cada louco com sua mania, mas sempre ouvi dizer que mudar é bom.
Espero que gostem!

Ervilhas com Ovos


Cá está mais uma receita rápida e fácil. Lá em casa é repetida várias vezes.

Fiz assim:


1 Kg de ervilhas congeladas
1/2 lata de tomate pelado
1 cebola
2 dentes de alho
100 gr de bacon
4 ovos
azeite
sal e pimenta

Pique a cebola e os alhos e leve a refogar no azeite. Quando estiver transparente acrescente o bacon cortado em fatias fininhas. Deixe alourar um pouco. Adicione o tomate partido em bocados e deixe apurar.
Junte as ervilhas e adicione água até as cobrir. Tempere a gosto. Tape a panela e deixe as ervilhas cozerem. Nesta altura abra, um a um, os ovos para uma tacinha. Com a ajuda de uma colher abra um buraco nas ervilhas e deite para lá o ovo. Repita para os restantes. Tape e deixe os ovos cozerem durante 10 minutos.

Bom apetite!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Arroz à Valenciana


Aqui está mais um prato feito pelo outro cozinheiro lá de casa. Dá um pouco de trabalho mas depois compensa.

Fez assim:
500 gr de arroz
500 gr de frango
125 gr de vitela (não usou)
250 gr de ervilhas
1 Kg amêijoas
1 kg de berbigão
1 Kg mexilhões
250 gr de camarões
250 gr de lulas
1 pimento vermelho
1 pimento verde
1 c. de café de açafrão em pó
1 cebola grande
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de óleo
100 gr de bacon
2 linguiças
sal e pimenta q.b.
1 pitada de pimentão
1 limão

Comece por cortar o frango em pedaços pequenos e tempere com sal e sumo de limão. Deve ficar a marinar, pelo menos, 3 horas. Se utilizar a vitela faça o mesmo.
Pique a cebola e refogue juntamente com o azeite e o óleo até ficar douradinha. Acrescente as carnes e deixe alourar. Junte a linguiça sem pele e cortada às rodelas e o bacon (sem o couro). Deite um pouco de água e, pouco a pouco, adicione água necessária para fazer um bom caldo (o dobro do volume do arroz).
Junte os pimentos, cortados em tiras, assim como as lulas, previamente arranjadas e cortadas em rodelas.
Adicione as ervilhas.
Deixe refogar em lume brando para apurar bem.
Lave muito bem as amêijoas, os mexilhões e o berbigão e leve a abrir num tacho ao lume. Depois de abertos, retire metade dos bivalves das cascas, coe a água que largaram ao abrir e junte tudo ás carnes.
Deite também neste caldo os camarões, depois de lavados, e tempere tudo com sal e pimenta, um pouco de açafrão e pimentão.
Junte o arroz ao caldo, a ferver, depois de ter verificado os temperos.
Logo que levante fervura, diminua o lume para o mínimo até acabar de cozer.
Este arroz deve ficar malandrinho.

Bom apetite!

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Pastéis de Massa tenra


Resolvi fazer uma experiência com uns bifes extra-duros, comprados propositadamente. Um amigo falou-me sobre a papaína e quis ver até que ponto funcionava.


Na culinária, a papaína é usada para amaciar a carne. Encontrei à venda no supermercado e resolvi experimentar.
Realmente os bifes ficaram mais macios e resolvi fazer uns pastéis de massa tenra. A receita da massa retirei da revista "Saberes e Sabores".






Fiz assim:

Recheio:

6 bifes
3 cenouras
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro,
sal e pimenta q.b.
vinho branco
azeite
Papaína

Polvilhe a carne com a papaína e deixe repousar 15 minutos. Depois coloque a cebola cortada em rodelas, as cenouras em quartos, a folha de louro, os alhos picados. Tempere com pimenta e regue com vinho branco.
Cubra com papel aderente e deixe repousar umas horas ou de um dia para o outro.
Coloque azeite num tacho, deixe aquecer um pouco e junte a carne. Quando a carne estiver lourinha, acrescente a marinada. Acrescentei só um pouco de sal visto que o preparado de papaína já ter sal.
Tape e deixe cozinhar em lume brando durante 30 minutos.
Deixe arrefecer, coe parte do molho e pique tudo na 123. Reserve.

Massa:

250 gr de farinha
2 colheres de sopa de óleo
1,5 dl de água
sal

Peneire a farinha para dentro de uma tijela e abra um buraco no meio. Junte o óleo e a água morna. Tempere com um pouco de sal.
Misture tudo e molde em forma de bola. Cubra com uma tijela previamente escaldada em água a ferver. Deixe descansar cerca de 30 minutos.
Estenda a massa bem fina, com ajuda de um rolo da massa e farinha. Distribua o recheio sobre a massa com uma colher de sobremesa. Dobre a massa sobre o recheio, apertando bem para ficar sem ar e corte os pastéis em meia lua com um utensílio próprio ou com uma tigela pequena.

Fritura:
Deite o óleo numa frigideira e leve a aquecer.
Para evitar que os fritos rebentem o óleo deverá estar bem quente e a quantidade de peças a fritar não deve ultrapassar as 3 unidades.
Para que a massa dos pastéis empole vá deitando colheradas de óleo quente enquanto fritam.

Bom apetite!

domingo, 3 de maio de 2009

Salada Montanheira à moda do João


Para quem gosta de tomate, esta salada é excelente. Fresquinha e saborosa. E quem a faz bem é o outro cozinheiro cá de casa.
A receita original requer pepino e cebola, mas esta não leva.


Fez assim:

6 tomates
1 pimento vermelho
coentros
sal e pimenta q.b.
azeite
vinagre
vinho branco
oregãos

Retire a pele ao tomate e corte em cubinhos. Coloque num recipiente.
Asse o pimento (no bico do fogão se não tiver outra alternativa), retire a pele e as sementes e corte em pedacinhos. Junte ao tomate.
Acrescente coentros e oregãos a gosto. Tempere com sal, pimenta, azeite, vinagre e um pouco de vinho branco.
Mexa tudo e deixe repousar um pouco, por forma a que os tomates tomem o sabor dos temperos, antes de servir.

Bom apetite!

Bacalhau à Gomes de Sá


Este foi o prato escolhido para o dia da Mãe. O meu dia e o da minha mãe! À receita original acrescentei os espinafres para lhe dar um toque de cor.

Usei:
4 lombos de bacalhau
5 dl de leite
3 cebolas
4 dentes de alho
1,5 dl de azeite
500 gr de batatas
4 ovos cozidos
1 pacote de espinafres congelados
sal, pimenta e azeitonas pretas q.b.

Deixe os espinafres a descongelar de véspera.
No dia coloque o bacalhau num tacho e escalde com água a ferver. Tape o tacho e deixe estar durante 20 minutos.
Escorra o bacalhau, limpe de peles e espinhas e desfaça-o em lascas. Coloque num recipiente e cubra com o leite previamente fervido. Deixe repousar 1h30.
Coza as batatas e depois corte-as às rodelas. Coloque-as num tabuleiro de ir ao forno e regue com um fio de azeite.
Corte as cebolas e o alho em rodelas e refogue no azeite até as cebolas ficarem transparente. Acrescente o bacalhau escorrido. Mexa com cuidado e tempere com sal e pimenta a gosto.
Espalhe os espinafres por cima das batatas e depois a mistura de bacalhau e cebola.
Leve ao forno a 180º durante 10 minutos.
Sirva decorado com os ovos cortados às rodelas e azeitonas pretas.

Bom apetite!

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Pudim de Pão


Este pudim é muito fácil de fazer e fica muito bom. A medida que uso é um copo de sumo (35 cl). E coloco apenas metade do açúcar visto que barro a forma com bastante caramelo.

1 medida de ovos
1 medida de leite
1 medida de açúcar (coloco só metade)
150 gr de açúcar
1 colher sopa de água
2 carcaças (papo-secos)

Parta o pão em pedaços e coloque numa tigela com o leite quente. Reserve. Comece por fazer o caramelo: Numa frigideira anti-aderente coloque cerca de 150 gr de açúcar com 1 colher de sopa de água e leva-se a lume brando até o açúcar começar a derreter. Mexa com uma colher de pau para misturar todo o açúcar e até ficar um caramelo clarinho.
Verta o caramelo para a forma de pudim e ande com ela à roda por forma a ficar toda barrada. Cuidado com as mãos! Use um pano ou pegas para rodar a forma para evitar queimaduras.
Bata os ovos com o açucar.
Escorra o leite do pão e junte à mistura de ovos e açúcar. Também pode optar por triturar o pão com o leite e depois misturar aos ovos. Mas eu prefiro sentir os pedaços de pão.
Coloque o pão no fundo da forma e verta por cima o preparado anterior.
Feche a forma e leve a cozer em banho-maria durante 45 minutos.
Desenforme quando estiver frio.

Bom apetite!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Bolo de Limão


Costumamos fazer este bolo com laranja, mas desta vez usámos limão e as sementes de papoila que lá tinha. Ficou muito bom!

5 ovos
sumo de 1 limão
raspa de 2 limões
200 gr de açúcar
125 gr de farinha
1 colher chá de fermento em pó
sementes de papoila


Bata muito bem as gemas com o açúcar. Junte o sumo, a raspa do limão e as sementes de papoila. Bata as claras em castelo e envolva gentilmente na massa. Por fim junte a farinha e o fermento previamente peneirados.
Leve ao forno a 150º numa forma untada com manteiga e farinha, durante cerca de 20 minutos.
Retire do forno e deixe arrefecer antes de desenformar.
Polvilhe com açúcar em pó.

Bom apetite!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Risotto de Cogumelos


O outro gastrónomo lá de casa faz este prato que é uma maravilha. Inspirado no livro "Na cozinha com Jamie Oliver", de quem somos grandes fãs.
O segredo está na qualidade dos ingredientes e nunca largar a panela de vista.


Para o caldo:

2 l de água
1 cenoura
1 aipo
1 ramo de coentros
1 dente alho
1 alho francês
1 ramo de manjericão
1 cebola
sal e pimenta q.b.

Leve tudo ao lume a ferver durante 30 minutos. Reserve em lume brando ao mesmo tempo que prepara o risotto.

Para o risotto:
300 gr de cogumelos (usou Portobello e Pleurotus)
1 cebola finamente picada
2 dentes de alho, picados finamente
100 ml de vinho branco
50 ml de vinho do porto (branco de preferência)
azeite
400 gr de arroz para risotto (Arborio de preferência)
Caldo de legumes (cerca de 1,5 litro)
queijo parmesão

Aqueça o azeite, junte a cebola e o alho e um pouco de sal. Deixe refogar um pouco. Acrescente o arroz (que nunca deverá ser lavado). Vá mexendo e deixe o arroz fritar um pouco. Quando começar a ficar transparente junte os vinhos e continue sempre a mexer.
Junte a primeira concha de caldo (coe os legumes) e diminua o lume. Junte metade dos cogumelos cortados finamente. Continue a juntar conchas de caldo e mexendo sempre, deixando o caldo ser absorvido antes de juntar outra concha. Junte o resto dos cogumelos e continue com o processo. Demora cerca de 15 minutos. Prove o arroz para ver se está cozido. Continue a juntar caldo até o arroz estar macio mas com alguma consistência. Verifique os temperos. Retire do lume e junte queijo ralado a gosto. Misture e sirva de imediato.

Bom apetite!

domingo, 19 de abril de 2009

Sericaia com Ameixas de Elvas


A Sericaia é um doce típico do Alentejo e costuma ser servido com Ameixas de Elvas (estas podem ser compradas em lojas Gourmet ou em algumas grandes superfícies).

10 ovos
450 gr de açúcar
120 gr farinha sem fermento
6 dl de leite
2,5 dl de água
Casca de 1/2 limão
1 pau de canela
canela em pó

Ferva a água com o açúcar, o pau de canela e a casca de limão até fazer ponto de fio (quando tira a colher o liquido escorre em fios).
Numa panela à parte junte a farinha peneirada com o leite. Mexa muito bem para não ficar com grumos. Leve a lume brando, mexendo sempre, até engrossar.
Junte este preparado à calda, que deve estar a ferver. Misture bem e leve novamente ao lume para cozer mais um pouco. Retire do lume e deixe arrefecer. Retire o pau de canela e a casca do limão.
Separe as gemas das claras. Junte as gemas, uma a uma, ao preparado mexendo sempre e com cuidado para que as gemas não cozam.
Junte umas pedrinhas de sal às claras e bata em castelo. Junte ao preparado envolvendo com cuidado.
Deite o doce numa travessa (preferencialmente de barro), polvilhe com canela em pó e leve ao forno previamente aquecido a 200º para acabar de cozer e alourar.
Sirva em fatias e acompanhe com Ameixas de Elvas em calda.

Bom apetite!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Arroz Doce Cremoso


Quem faz esta receita maravilhosamente é a minha mãe. Adoro comê-lo acabadinho de fazer ou então já com 1 dia de frigorífico. Enfim! Gostos não se discutem...

Fiz assim:
180 gr de arroz carolino
1,5 l de leite
2 dl de água
150 gr de açúcar
4 gemas
1 casca de limão
1 pau de canela
sal
canela em pó

Leve o leite a ferver juntamente com a casca de limão e o pau de canela.
Deite o arroz num tacho juntamente com a água e um pouco de sal. Leve a lume brando até a água ser absorvida. Depois adicione o leite aos poucos, mexendo de vez em quando e com o lume muito baixo.
Quando o arroz estiver cremoso retire do lume. O arroz tem que estar cozido antes de adicionar o açúcar (este faz parar a cozedura). Acrescente o açúcar e as gemas previamente batidas. Mexa. Leve ao lume novamente e mexa durante 2 minutos.
Coloque numa travessa e enfeite com canela em pó.

Bom apetite!

terça-feira, 14 de abril de 2009

Cyber Cook fala do Gastronomia


Pois é. Recebi um email do Cyber Cook a dizer que iam fazer uma noticia sobre o meu blog.
Se quiserem espreitar cliquem aqui!

Obrigada Cyber Cook por acharem que o Gastronomia tem a qualidade suficiente para os vossos visitantes!